7 Atividades que toda a Família pode curtir em Bodoquena e no Pantanal do Mato Grosso do Sul

O Pantanal do Mato Grosso do Sul é um dos destinos mais exóticos do Brasil. Não à toa, costuma ser muito procurado por turistas de toda parte em busca de natureza e aventura - o que não falta por lá.

A biodiversidade incrível com centenas de espécies diferentes de animais (muitas delas endêmicas) vivendo em harmonia e protegidos na natureza é o que leva tanta gente a querer conhecer a região. E a paisagem diferenciada, misturando enormes fazendas com planícies alagadas, rios e cachoeiras, que formam cenários que mudam a cada quilômetro, contribui ainda mais para chamar atenção dos amantes da vida ao ar livre.

E se você está planejando sua viagem para um dos pontos mais incríveis do país, confira 7 atividades que toda a família pode curtir em Bodoquena e no Pantanal do Mato Grosso do Sul.


1. Safári e Focagem Noturna

Os números do Pantanal impressionam.

  • 463 espécies de aves
  • 263 de peixes
  • 132 de mamíferos
  • 113 de répteis
  • 41 de anfíbios

Com um ecossistema de fauna tão rica não poderia oferecer passeios melhores do que os safáris.

Em um veículo 4x4 (do tipo jipe ou picape abertos e adaptados) os turistas são levados em um tour na natureza, estilo safári, para observar o maior número possível de animais durante o dia, quando muitas aves, os tamanduás, jacarés, queixadas, tatus, cervos, entre outros animais estão mais ativos.

E quando a noite cai, o passeio é chamado de focagem noturna, e é quando se torna mais fácil avistar os animais de hábitos crepusculares e noturnos, como as jaguatiricas, corujas, capivaras, sucuris, lobinhos e até onças-pintadas - a mais desejada pelos visitantes!

Várias fazendas oferecem o safári e a focagem noturna.Veja aqui quais são elas.


2. Passeio de Chalana

A chalana é uma embarcação fluvial típica do Pantanal do Mato Grosso do Sul. É usada para passeios que visam percorrer seus rios e mostrar aos visitantes a fauna e flora locais bem de perto.

Durante o passeio é possível avistar muitos animais que vivem nas margens dos rios, como macacos, aves e serpentes, e é, claro, jacarés, ariranhas e lontras.

Durante o passeio em algumas fazendas, que costuma durar um período inteiro do dia (manhã ou tarde), também é realizada a pescaria de piranhas. A chalana "estaciona" em um ponto mais tranquilo do rio e os turistas conseguem pescar vários desses peixes temidos por sua mordida forte! Mas, não se preocupe. Guias experientes estão sempre junto orientando para segurança de todos.

E as piranhas também servem como alimento aos jacarés e pássaros, especialmente gaviões, que dão voos razantes nas águas mostrando toda sua habilidade e beleza.

O passeio de chalana termina com os visitantes apreciando as paisagens maravilhosas do Pantanal Sul e vivendo uma verdadeira experiência pantaneira.

Clique aqui e veja quais lugares oferecem o passeio de chalana.


3. Cavalgada

Quer outra experiência tipicamente pantaneira para se sentir como um dos boiadeiros da região? Então a cavalgada é para você!

A cavalgada pelas planícies do Pantanal do Mato Grosso do Sul, também conhecidas como chacos no lado paraguaio, é a melhor opção para explorar e se conectar com a natureza.

Em passeios de dia inteiro ou meio dia, é possível acompanhar os peões das fazendas por trilhas em campos alagados, no meio de acurizais (árvore típica da região), por rios e planícies belíssimas, com paradas estratégias para observar os animais e seu comportamento. 


E se quiser conhecer ainda mais o dia a dia pantaneiro, é possível participar de uma cavalgada com Comitiva Pantaneira, que leva o gado de um ponto a outro da fazenda e você vivencia um pouco do trabalho do peão e seu estilo de vida, além de terminar o passeio com um delicioso almoço ou jantar bem pantaneiro!

Quer cavalgar? Veja os melhores lugares clicando aqui.


4. Pescaria de Piranhas

Certamente você já ouvi falar das piranhas, verdadeiras vilãs fluviais na cultura popular. Os peixinhos conhecidos pelos dentes afiados e temperamento difícil, por assim dizer, estão muito presentes nos rios do Pantanal e região. E muitos pacotes já incluem a pescaria de piranhas como um dos principais atrativos, especialmente nas fazendas pantaneiras.

A pesca esportiva é feita com caniços, uma vara de bambu com anzol, e costumam ter a presença de jacarés - que frequentam os mesmos lugares que as piranhas. E algumas vezes é possível levá-las para sua pousada ou fazendo e pedir para cozinharem depois.


5. Passeio de Charrete ou Farm Tour

Uma opção para quem não gosta ou não pode andar de cavalo é passear de charrete pelas paisagens e fazendas pantaneiras. As planícies da região serão percorridas em até duas horas, em percursos bastante parecidos com os de cavalgada, mas com mais conforto para os que assim preferirem. 

Com um certo charme de época, as charretes também protegem do sol em suas cabines abertas, além de oferecer as belezas pantaneiras da mesma forma para o turista.


6. Conhecer a Lida do Gado e Ordenha

Muita gente gosta de conhecer a fundo o dia a dia e tradições locais quando viaja. No Pantanal do Mato Grosso do Sul isso é bastante fácil, já que existem inúmeras opções de hospedagem em fazendas da região onde você poderá conhecer de perto as atividades pecuárias.

As acomodações podem ser rústicas, mas sempre muito confortáveis e aconchegantes.

Acompanhar a rotina dos funcionários, por exemplo, permite descobrir como é a lida do gado - atividade importantíssima na região. Em alguns locais também tem a ordenha, para aquele leite fresquinho que dá origem a queijos saborosos e a um requeijão delicioso que ganhou até prêmio!

E, claro, depois de um dia de trabalho, nada melhor que saborear a culinária pantaneira, caseira e sempre deliciosa, e descansar no fim do dia em um quarto rústico, confortável e muito aconchegante!

Que tal viver um dia de peão? Clique aqui e veja aonde.


7. Piscinas Naturais e Cachoeiras de Bodoquena

Em pleno Pantanal do Mato Grosso do Sul se ergue o Parque Nacional da Serra do Bodoquena, que está ganhando mais notoriedade turística recentemente por suas belezas.

Próxima à badalada Bonito e a apenas 130 km de Aquidauana - considerada a porta de entrada do Pantanal Sul pela proximidade e facilidade de acesso vindo da capital Campo Grande - a cidade de Bodoquena certamente merece a visita de toda família.

Em meio à sua região serrana surgem trilhas, cavernas e os maiores atrativos: as cachoeiras com suas piscinas naturais.



Há vários atrativos que oferecem atividades para um dia inteiro de caminhadas, descobertas e muitos banhos de águas refrescantes e cristalinas!

Em Bodoquena você poderá conhecer a Cachoeira Boca da Onça, a maior do Estado com 156 metros de queda. Ao ladinho dela está o maior rapel de plataforma do Brasil, com 90 metros em meio a um cenário de tirar o fôlego! Você encara essa aventura?


Depois de muitos passeios e banhos, hora de relaxar em uma das pousadas e casas de charme da região e saborear aquela palga serrana, prato típico da Serra da Bodoquena que leva frango e palmito nos ingredientes e aquele carinho do preparo que só lá tem!


E então? Prontos para passear com a família no Pantanal do Mato Grosso do Sul e Serra da Bodoquena? Estamos esperando vocês!


Conheça as Agências Especializadas em Passeios e Roteiros pelo Pantanal Sul  


* Águas do Pantanal Tour
* Buriti Viagens e Turismo
* Brazil Eco Vip
* Consciência Ecológica Viagens e Turismo
* Pioneiro Turismo

Entre em contato com elas e vem pra cá!


Gostou? Compartilha! E você pode se interessar também: