Por que todo casal deveria ficar em Bodoquena uma vez na vida

Localizada no Oeste do Mato Grosso do Sul, o município de Bodoquena está entrando de vez na rota do turismo pelo estado. Com apenas oito mil habitantes, o destino ganhou notoriedade por seu cenário exuberante, pelo clima agradável e pela proximidade a outras atrações da região. E tudo com menos badalação do que outras vizinhas, o que garante a privacidade e o sossego nas férias para qualquer casal.

Bodoquena mistura duas paisagens distintas, o que contribui bastante para atrair a atenção dos viajantes no Mato Grosso do Sul.

BODOQUENA - MS

A cidade está dentro do Complexo do Pantanal e faz parte deste que é o bioma mais rico do Brasil, e também se encontra no Parque Nacional da Serra da Bodoquena, com muita Mata Atlântica, montanhas e rios cristalinos para agregar à paisagem! No total, são mais de 100 km² de natureza para todos os gostos.

Bodoquena fica a cerca de 250 km de Campo Grande, o que leva pouco mais de três horas de estrada vindo da capital. E também está colada a dois destinos bastante procurados do estado. Miranda, uma das principais bases para quem visita o Pantanal, a somente 60 km de distância, e Bonito, que já é uma das queridinhas do ecoturismo nacional, a 70 km. Ou seja, é muito fácil esticar a visita e conhecer muitos locais, vivendo experiências inesquecíveis!

Mas, por que todo casal deveria ficar em Bodoquena uma vez na vida? Vamos te mostrar os motivos!


1. Parque Nacional da Serra da Bodoquena

A Serra da Bodoquena possui a maior extensão de floresta de Mata Atlântica natural do Mato Grosso do Sul, é uma divisora entre biomas, por isso riquíssima em biodiversidade.

Criado em setembro de 2000, o Parque Nacional tem o objetivo de preservar toda essa exuberância, bem como proporcionar que os visitantes possam ter um contato próximo e intenso com a natureza.

O parque possui 76.481 hectares divididos em dois fragmentos: um ao norte e outro ao sul, que protege todas as nascentes dos rios cristalinos da região, como a do Salobra, do Prata, do Formoso, do Perdido e do Sucuri.

Falando em rios, um destaque do parque é o Rio Perdido, que corta uma área e que tem esse nome porque percorre alguns trechos "se perdendo" no caminho, ora entrando por baixo de rochas e cavidades naturais, ora ressurgindo em outro local.

E, além da contemplação de sua beleza, é possível realizar atividades ecoturísticas como o birdwatching (observação de aves) e esportes radicais, como o rapel, parapente, mergulho em cavernas, bóia cross, rafting, mountain bike, trekking, entre outros.


2. Trilhas e Cachoeiras

Uma das maiores atrações de Bodoquena e arredores é o cenário diferenciado em relação ao Pantanal, logo do lado. Afinal, por se encontrar em uma região serrana seu ecossistema apresenta mata fechada, trilhas, mirantes, rios de água cristalina e cachoeiras. Lugares belíssimos e cheios de romantismo - ainda mais se o casal gosta de ecoturismo e turismo de aventura.

Por ser um Parque Nacional protegido, a Serra da Bodoquena é bastante preservada e tem a sua cota de fauna e flora que só se encontra por lá, assim como o Pantanal.

Um dos lugares mais famosos para realizar caminhadas é a Boca da Onça Ecotour, um empreendimento bem-estruturado onde é possível fazer caminhadas incríveis e alcançar locais como a Cachoeira Boca de Onça, com 156 metros de queda d’água (a maior do Mato Grosso do Sul) e uma vista de tirar o fôlego. Também é possível fazer hiking pelo Cânion do Rio Salobra, onde ela deságua. E em vários pontos há parada para banhos refrescantes!

Outro lugar fantástico de relaxar e passear é o empreendimento e pousada Cachoeiras da Serra da Bodoquena, onde é possível fazer trilhas com paradas em belíssimas cachoeiras e piscinas naturais do Rio Betione, claro, com aquele banho delicioso em alguns pontos e também para visitar grutas sensacionais! O banho e atividades podem se extender pelo dia todo no balneário, onde há uma tirolesa e de onde saem os passeios de bote e canoa pelo rio e bóia cross nas cascatas.

Já viu que em Bodoquena não faltam atividades para casais ecoturistas em meio a uma biodiversidade sem igual! Definitivamente esse é um grande motivo para visitar a região pelo menos uma vez.


3. Maior Rapel do Brasil

E, se o casal for aventureiro, um dos bons motivos de visitar Bodoquena é poder fazer descer no maior rapel de plataforma do Brasil!

A estrutura fica na Boca da Onça Ecotour, do ladinho da maior cachoeira do Estado.

São 90 metros para descer em meio a um cenário de tirar o fôlego - literalmente! A cachoeira e o cânion são incríveis, e é uma experiência única que renderá muitas lembranças!



4. Pousadas Charmosas

Outro atrativo importante de Bodoquena para casais é a oferta de pousadas charmosas e românticas na hora de escolher a hospedagem.

São muitas opções aconchegantes, com boa estrutura e privacidade para quem viaja a dois poder ficar sossegado durante a estadia nas férias.

A Casa de Campo Charme da Serra é uma das mais procuradas, cercada de Mata Atlântica, com uma piscina natural no jardim e um gramado de dar inveja. É o local perfeito para relaxar e descansar entre um passeio e outro, e fica a 5 km do centrinho de Bodoquena.

E não esqueça de entrar em contato com a pousada antes de planejar sua viagem, pois ela poderá indicar vários outros passeios para fazer pelas redondezas!


5. Gastronomia Deliciosa

E quem viaja também quer viver uma experiência gastronômica regional, não é? Seja no café da manhã das pousadas, ou nas demais refeições, o interesse é provar as delícias e quitutes feitos com produtos bem locais.

Então, em Bodoquena, logo cedo você poderá descobrir que a Sopa Paraguaia não é líquida! É um bolo de milho salgado delicioso. Aproveitando o sabor do café, prove também a Chipa e um pãozinho quentinho com marmelada ou doce de Jaracatiá (uma fruta bem saborosa, que também é conhecida por mamão bravo).

No almoço ou jantar, não deixe de provar a Palga Serrada, prato típico da Serra de Bodoquena, que leva frango caipira cozido com palmito de bacuri, açafrão e muitos outros temperos maravilhosos! Além do tradicional Arroz Carreteiro, Churrasco, Escondidinho de Mandioca com Carne Seca e o Locro Paraguaio (carne ensopada com abóbora, feijão e milho).

Para sobremesa, deguste um licor de Bacurí, saborosíssimo!


6. Ambiente Tranquilo em Meio à Natureza

Como Bodoquena possui menos de 10 mil habitantes, mesmo seu centro é bastante tranquilo para curtir em casal. E por ainda não ser tão famosa, há menos aglomeração do que outras cidades próximas.

Uma boa pedida é curtir a noite em algum restaurante local para experimentar os diversos pratos típicos citados acima produzidos diretamente por quem mora lá e é especialista no assunto. Que tal?

Sem tanta multidão, o casal pode curtir com tranquilidade as férias e descansar bastante.


7. Clima Agradável o Ano Todo

O Mato Grosso do Sul não é conhecido como um destino de inverno. Afinal, pela imagem que a maioria das pessoas tem do estado, sempre associado ao Pantanal, é comum pensar como um local quente o ano inteiro. Mas a região pode trazer um friozinho durante as noites, principalmente no inverno - que tem o clima perfeito para casais.

Bodoquena é uma das melhores opções no Estado para curtir um ambiente aconchegante e romântico com friozinho de serra!


Com a combinação de fatores para uma viagem romântica, Bodoquena pode ser considerado o destino perfeito para viajar a dois no MS e um dos melhores do Brasil.

Os passeios oferecem muita natureza, privacidade, tranquilidade e um visual deslumbrante. A cidade é calma e agradável, além de ser próxima a outros lugares turísticos, com pousadas aconchegantes e charmosas e o clima propício para estar juntinho de quem gosta.

Agora que você descobriu por que todo casal deveria ficar em Bodoquena uma vez na vida, é só planejar a viagem e fazer as malas! Vem?


Gostou? Compartilha! E você pode se interessar também:

  • Bodoquena com a Família
  • Ecoturismo no Pantanal e Bodoquena